Fale Conosco
Troca de moto: veja 5 dicas do que você deve considerar

Troca de moto: veja 5 dicas do que você deve considerar

Postado em: 24/11/2023  

Saiba como identificar os sinais de que chegou a hora de fazer uma troca de moto.

A troca de moto é algo comum na vida de todo(a) motociclista e essa necessidade pode surgir por diferentes motivos. O piloto pode estar interessado em um modelo mais potente, ou talvez sua moto atual já não esteja mais atendendo aos propósitos para o qual ela foi adquirida.

Seja qual for a razão, o fato é que essa é uma decisão muito importante para os motociclistas, afinal, existem diversos critérios a serem observados antes de tomar uma decisão consciente e assertiva.

Tendo isso em mente, se você está considerando fazer uma troca de moto e não sabe por onde começar, fique tranquilo(a). Elaboramos este artigo destacando alguns pontos relevantes que você deve avaliar. Boa leitura!

1. Avaliação da necessidade de troca

Primeiramente, identificar as circunstâncias que te motivaram a querer trocar de moto, é uma boa forma de começar. Nesse sentido, existem alguns sinais que podem indicar que esse momento chegou. Acompanhe a seguir.

Necessidade constante de manutenções

Manutenções e reparos em veículos é algo totalmente comum. Porém, quando as visitas ao mecânico estiverem se tornando muito frequentes e com muitas despesas, a troca de moto pode ser a solução mais inteligente a se fazer.

Imagine só: essa motocicleta poderia começar a apresentar problemas no meio do trânsito, te deixando em situações complicadas e comprometendo a sua segurança. Considerando cenários desse tipo, trocar de moto seria a escolha mais prudente.

Desempenho insuficiente

Outra situação que faz com que muitos motociclistas queiram realizar a troca de moto, é quando o desempenho não atende mais às expectativas. Isso pode ser em termos de potência, aceleração, velocidade máxima ou comportamento da motocicleta na estrada.

Ausência de recursos tecnológicos

A falta de recursos modernos na motocicleta também é outro motivo que leva muitos a trocar de moto. Os modelos mais recentes contam com sistemas que trazem muito mais segurança ao piloto, como freios ABS, controle de tração, suspensão dinâmica, entre outros.

Esses recursos tecnológicos proporcionam uma experiência de pilotagem muito mais agradável e completa ao motociclista e podem ser um fator determinante para a troca de motocicleta.

Falta de conforto

Passar muitas horas em cima de uma moto pode ser desconfortável, principalmente se ela não tiver uma boa ergonomia. Esse desconforto prolongado afeta a saúde do motociclista e também pode ocasionar problemas mais sérios de coluna. Assim sendo, a troca para um modelo mais confortável faz toda a diferença na satisfação e saúde do piloto.

Mudança de estilo de vida

Por fim, quando a sua moto não se adequa mais ao seu estilo de vida atual, você pode querer trocá-la por um modelo mais alinhado às suas necessidades. Por exemplo: pode ser que você utilizava essa moto para trabalhar com delivery e ela atendia bem para esse propósito específico.

No entanto, atualmente você mudou de carreira para um cargo de maior poder aquisitivo e agora usa a moto apenas para se deslocar ao novo trabalho. Nesse caso, você pode estar interessado(a) em obter uma moto que te ofereça maior conforto e segurança.

2. Orçamento disponível para a troca de moto

O orçamento é um dos passos mais importantes do processo de aquisição de uma nova motocicleta. Durante essa etapa, é fundamental estipular o valor máximo que você pode investir e entender todos os custos envolvidos para evitar comprometer o seu orçamento.

Nesse momento, pode surgir a seguinte dúvida: como trocar de moto de maneira facilitada e acessível? Pensando nisso, separamos algumas alternativas para que você possa compará-las e encontrar a melhor opção.

Venda ou troca de moto

A primeira opção para trocar de motocicleta é simplesmente tentar vendê-la para lojas especializadas ou terceiros, e utilizar o valor obtido para adquirir um novo modelo. Negociar diretamente com um particular pode te dar maior controle sobre os preços, enquanto a troca na loja pode ser mais simples, porém com menos liberdade para definir os valores.

Financiamento

O financiamento é uma linha de crédito para pessoas que desejam adquirir uma nova moto, mas que não possuem o valor total para essa transação. Por meio dessa opção, o(a) cliente precisa pagar uma entrada e continuar pagando o restante através de parcelas mensais.

 

Vale lembrar que, a exigência de entrada já pode ser uma barreira financeira para muitos, já que nem todos têm o valor disponível. Além disso, o financiamento é conhecido por ter altas taxas de juros, que podem elevar bastante o valor final da sua aquisição. Portanto, atente-se bastante caso escolha essa opção.

Consórcio

Por sua vez, temos uma alternativa que vem atraindo cada vez mais os brasileiros que desejam adquirir bens dos mais variados segmentos, incluindo as motos. O consórcio é uma modalidade de crédito que também possibilita a aquisição de uma motocicleta de forma parcelada.

O grande destaque é que no consórcio, ao contrário do financiamento, não se cobra entrada e nem juros. Desse modo, essa modalidade acaba sendo uma alternativa mais acessível financeiramente para quem deseja fazer a troca de moto, sem precisar se assustar com juros exorbitantes.

Homem e vendedor realizando troca de moto

3. O que levar em conta na escolha do modelo e marca

O modelo e a marca são aspectos de extrema importância para fazer uma boa escolha de moto. No caso do modelo da motocicleta, pesquise bastante para encontrar um que tenha todas as especificações desejadas, de acordo com o seu estilo e local de pilotagem.

Quanto à marca da moto, vale a pena conversar com amigos e conhecidos que tenham o modelo do seu interesse para saber suas opiniões. Faça também uma pesquisa na internet para se certificar da confiabilidade e qualidade dos veículos dessa marca.

4. Inspeção e manutenção da nova moto

Após encontrar o modelo de moto dos seus sonhos, é indispensável realizar uma inspeção minuciosa para descobrir o estado de conservação do bem. Tente não deixar o sentimento de euforia atrapalhar nesse momento, pois isso pode te trazer dores de cabeça no futuro.

Se possível, peça a um mecânico especialista e de confiança que inspecione toda a moto para te trazer maior segurança no processo. Além disso, não deixe de conferir a documentação e o histórico de manutenção para saber como o dono anterior cuidou da motocicleta.

5. Teste de pilotagem e adaptação

Por último, uma parte imprescindível para quem vai fazer uma troca de moto é o famoso teste de pilotagem. Esse é o estágio decisivo para confirmar que essa é a motocicleta ideal para as suas necessidades. 

Assim sendo, avalie se ela se comporta da maneira que você esperava e observe detalhes como o conforto, segurança, desempenho e recursos tecnológicos.

Planeje com cuidado a sua troca de moto

A troca de moto proporciona um sentimento emocionante de conquistar algo novo e condizente com as suas preferências atuais. Entretanto, devemos reforçar que é essencial se planejar bem e considerar cada um dos tópicos que abordamos neste artigo para fazer uma escolha racional e satisfatória.

Confira os planos do consórcio de motocicletas do Magalu e realize sua troca de moto de forma acessível e descomplicada. Acompanhe o nosso Facebook para ficar de olho nas próximas novidades.

Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Simule Agora

EM DESTAQUE

Baixe nosso app
0800 940 3400
Segunda a sexta:
9h às 18h

Sábados: 9h às 15h
exceto feriados
0800 340 1214(11) 3185-7300E-mail
Segunda a sexta:
9h às 18h

Sábados: 9h às 13h
exceto feriados
Uma empresa do grupo
empresa do grupo magazine luiza
Luiza Administradora de Consórcios Ltda
CNPJ: 60.250.776/0001-91
Feito com ♥ pela 8D PRO
ESPECIALISTAS ONLINE
Especialistas online
Vendas