22/05/2020

Como organizar as finanças para adquirir um imóvel

O sonho de muitos brasileiros é a casa própria. Não ter mais a preocupação com o aluguel é a vontade da maioria, mas ainda é complicado dar o primeiro passo para essa realização. Mas para te ajudar em sua conquista, o Consórcio Magalu explica: como organizar as suas finanças para adquirir um imóvel.

 

Ter um espaço seu é muito mais do que fugir do aluguel, é também ter a liberdade de reformar, redecorar, deixar tudo mais confortável e com a sua cara. Além disso, ter um imóvel é sinônimo de ter um patrimônio. Comprar uma casa ou um apartamento não deve ser encarado como gasto, mas sim como investimento.

Você se encaixa no grupo das pessoas que querem ter um cantinho totalmente seu? Então, acompanhe essas dicas e dê o primeiro passo!

 

  1. Entenda a suas finanças

 

Nenhum investimento pode ser feito sem entender como anda a sua vida financeira. Colocar tudo no papel: gastos fixos, gastos extras, quanto você já tem poupado, etc. Se necessário, faça uma planilha e utilize um app de finanças.

Se você ainda não consegue poupar um valor mínimo por mês, é hora de rever alguns desses gastos para que o seu plano da casa própria funcione. Por isso, vale a pena se perguntar: qual gasto está exagerando por aí?

É importante ter um panorama real do valor que você pode arcar a partir da sua renda mensal, para que esse investimento não se torne uma dívida no futuro. Depois de entender as suas possibilidades financeiras é hora de passar para o próximo passo.

 

  1. Defina suas necessidades

 

Sabendo do valor que você pode investir, é hora de escolher um modelo de imóvel. O que cabe no seu bolso? Uma casa, um apartamento ou um estúdio? E qual a sua necessidade? Uma família grande ou vai morar sozinho? Precisa de vaga na garagem? Deve ser perto do seu trabalho?

Faça uma lista de prioridades. Com a suas necessidades estabelecidas é hora de pesquisar. Qual a melhor escolha para atender a tudo que você precisa nos quesitos: espaço, valores e localização.

É bem provável que você tenha que abrir mão de algumas coisas, nem sempre você vai conseguir unir um local grande e próximo do seu trabalho, por exemplo. Talvez você tenha que morar mais afastado, porém com um bom fluxo de transporte, onde os valores dos imóveis se encaixam no seu orçamento.

 

  1. Formas de comprar

 

            Finalmente chega a hora de escolher como comprar o seu imóvel. Tendo uma visão mais clara do seu orçamento e suas necessidades fica mais fácil de acertar na escolha. Algumas opções parecem tentadoras, mas podem se tornar um pesadelo no futuro, como é o caso do financiamento.

Dependendo da sua renda mensal, é possível que programas como Minha Casa Minha Vida possam oferecer subsídios, que te ajudam na compra. É importante verificar se você se encaixa nos requisitos.

E se você seguiu um planejamento financeiro, que tal uma compra planejada? O consórcio te dá a opção de pagar parcelas aos poucos, até em anos. Você pode não ser contemplado imediatamente, porém é uma forma de compra que não te deixará endividado no futuro, e além disso você tem garantia do investimento.

Pronto para conquistar a sua casa nova? Lembre-se de que, é preciso pesquisar, analisar e estudar as suas finanças e prioridades antes de qualquer compra. Quer saber mais sobre compra planejada e o que você precisa para investir no seu imóvel? Entre em contato com os especialistas do Consórcio Magalu!

 

Baixe o nosso app e faça uma simulação!

O sonho de muitos brasileiros é a casa própria. Não ter mais a preocupação com o aluguel é a vontade da maioria, mas ainda é complicado dar o primeiro passo para essa realização. Mas para te ajudar em sua conquista, o Consórcio Magalu explica: como organizar as suas finanças para adquirir um imóvel.

 

Ter um espaço seu é muito mais do que fugir do aluguel, é também ter a liberdade de reformar, redecorar, deixar tudo mais confortável e com a sua cara. Além disso, ter um imóvel é sinônimo de ter um patrimônio. Comprar uma casa ou um apartamento não deve ser encarado como gasto, mas sim como investimento.

Você se encaixa no grupo das pessoas que querem ter um cantinho totalmente seu? Então, acompanhe essas dicas e dê o primeiro passo!

 

  1. Entenda a suas finanças

 

Nenhum investimento pode ser feito sem entender como anda a sua vida financeira. Colocar tudo no papel: gastos fixos, gastos extras, quanto você já tem poupado, etc. Se necessário, faça uma planilha e utilize um app de finanças.

Se você ainda não consegue poupar um valor mínimo por mês, é hora de rever alguns desses gastos para que o seu plano da casa própria funcione. Por isso, vale a pena se perguntar: qual gasto está exagerando por aí?

É importante ter um panorama real do valor que você pode arcar a partir da sua renda mensal, para que esse investimento não se torne uma dívida no futuro. Depois de entender as suas possibilidades financeiras é hora de passar para o próximo passo.

 

  1. Defina suas necessidades

 

Sabendo do valor que você pode investir, é hora de escolher um modelo de imóvel. O que cabe no seu bolso? Uma casa, um apartamento ou um estúdio? E qual a sua necessidade? Uma família grande ou vai morar sozinho? Precisa de vaga na garagem? Deve ser perto do seu trabalho?

Faça uma lista de prioridades. Com a suas necessidades estabelecidas é hora de pesquisar. Qual a melhor escolha para atender a tudo que você precisa nos quesitos: espaço, valores e localização.

É bem provável que você tenha que abrir mão de algumas coisas, nem sempre você vai conseguir unir um local grande e próximo do seu trabalho, por exemplo. Talvez você tenha que morar mais afastado, porém com um bom fluxo de transporte, onde os valores dos imóveis se encaixam no seu orçamento.

 

  1. Formas de comprar

 

            Finalmente chega a hora de escolher como comprar o seu imóvel. Tendo uma visão mais clara do seu orçamento e suas necessidades fica mais fácil de acertar na escolha. Algumas opções parecem tentadoras, mas podem se tornar um pesadelo no futuro, como é o caso do financiamento.

Dependendo da sua renda mensal, é possível que programas como Minha Casa Minha Vida possam oferecer subsídios, que te ajudam na compra. É importante verificar se você se encaixa nos requisitos.

E se você seguiu um planejamento financeiro, que tal uma compra planejada? O consórcio te dá a opção de pagar parcelas aos poucos, até em anos. Você pode não ser contemplado imediatamente, porém é uma forma de compra que não te deixará endividado no futuro, e além disso você tem garantia do investimento.

Pronto para conquistar a sua casa nova? Lembre-se de que, é preciso pesquisar, analisar e estudar as suas finanças e prioridades antes de qualquer compra. Quer saber mais sobre compra planejada e o que você precisa para investir no seu imóvel? Entre em contato com os especialistas do Consórcio Magalu!

 

Baixe o nosso app e faça uma simulação!

Formas de pagamento

Baixe nosso app

Uma empresa do grupo
Luiza Administradora de Consórcios Ltda: - CNPJ: 60.250.776/0001-91
Feito com ♥ pela 8D PRO
Chat Chat