12/10/2020

Saiba como incentivar a educação financeira para crianças e adolescentes

No Brasil, por se tratar de um país subdesenvolvido, no contexto infantil, são poucas as escolas e as famílias que oferecem uma capacitação adequada sobre educação financeira para crianças, muitos chegam até o final do ensino médio sem nem saber o que é isso.

Imagine só quantos de nós olhamos para trás e desejamos ter aprendido mais sobre dinheiro e sobre como administrar nossas economias? A vida seria muito mais fácil, não é mesmo? 

A importância da educação financeira infantil

Acreditamos que todo mundo já passou por alguma experiência ruim relacionada ao dinheiro algum dia, é claro que muitos tiveram que aprender na “raça”, mas, a última coisa que queremos é que nossos filhos cometam os mesmos erros que nós.

Pensando na importância dessa prática, separamos neste artigo algumas dicas para os pais ajudarem seus filhos a aprenderem sobre educação financeira.

Como podemos proporcionar uma boa educação financeira para crianças?

Você conversa com o seu filho sobre gasto e finanças? É importante que esse assunto seja abordado logo cedo para que eles já aprendam a lidar com essa ideia gradativamente.

Segundo especialistas, explicar de forma simples e demonstrativa como o dinheiro está inserido em nosso cotidiano logo no começo da educação é tão importante quanto ensinar português e matemática.

Confira abaixo algumas dicas sobre educação financeira para crianças e adolescentes:

Comece sendo um bom exemplo

As crianças estão sempre nos observando e moldando seus comportamentos através do que enxergam, então é hora de mostrar boas práticas relacionadas ao dinheiro.

Mostre que você economiza! Coloque dinheiro em um recipiente transparente e diga que é seu cofre de economia. Ressalte que é normal poupar para conseguir o que quer, explique que leva tempo e o quanto é difícil enchê-lo. Depois de algum tempo leve seu filho para comprar algo relevante, ele vai adorar e aprenderá a lição. Saiba como não deixar sua conta no vermelho.

Em casa, mostre o poder da economia

Um dos principais pilares de uma boa educação financeira é a economia. Apresente para seu filho hábitos sustentáveis dentro de casa, ensine-o a poupar água e energia. Você sabia que o uso consciente desses recursos pode gerar uma economia de até R$ 700 ao ano? É um valor considerável, mostre que ao ter hábitos conscientes ele poderá atingir outros objetivos.

Mesada é legal, mas cuidado!

Proporcionar um ganho semanal ou mensal é importante para que seu filho entenda que não se pode gastar tudo de uma vez, se não só terá dinheiro no próximo mês, e que se ele quiser comprar coisas mais caras ele terá que economizar.

Mas tente atrelar esse ganho através da recompensa, faça-o ajudar nas tarefas de casa, isso o ajudará a entender que o dinheiro é ganho e não apenas dado, mostrando o valor do trabalho.

Dê uma voltinha no supermercado

Pedir ajuda na elaboração da lista de compras de supermercado também é uma boa atividade.

Quando for ao supermercado, mostre a diferença de preços entre os produtos, a importância de pesquisar e a diferença entre essencial e supérfluo.

Incentive seu filho a fazer uma listinha de compras e aproveitar as promoções. Com certeza será uma grande aula de economia!

Presentei-os com educação financeira

Existem muitos jogos e livros interessantes sobre educação financeira para crianças e adolescentes hoje em dia, esses materiais abordam o tema com uma linguagem mais acessível e objetiva.

É importante que a própria criança tenha interesse pelo assunto e, quando ela pedir algo, já terá entendido a relevância do dinheiro. Nesse momento que indica quando a criança está pronta para receber as primeiras lições sobre o assunto, elas têm que tirar suas próprias conclusões e ter suas próprias dúvidas, e no final ela irá chamar para conversar sobre.

De forma geral, o objetivo da educação financeira para crianças, de acordo com especialistas, não é fazer com que as crianças aprendam a economizar para ter hábitos mais consumistas, e sim que saibam a importância dos recursos e tenham hábitos de fazer escolhas conscientes para suas vidas e assim ter um futuro mais sustentável e objetivo.

Gostou dessas dicas de finanças para crianças? Então mostre para seu filho que educação financeira não é nenhum bicho papão! Fique também por dentro das novidades do Consórcio Magalu baixando nosso aplicativo disponível no  Google Play e App Store.

Para reforçar que educação financeira também é coisa de criança, separamos para você um E-book que vai ajudar os sonhos de criança do seu filho se tornarem realidade! Clique no botão abaixo para se cadastrar e receber o E-book animado Dindin, o porquinho - Em busca do aviãozinho amarelo vol.1.

Saiba como incentivar a educação financeira para crianças e adolescentes

Saiba como incentivar a educação financeira para crianças e adolescentes

Postado em: 12/10/2020  

No Brasil, por se tratar de um país subdesenvolvido, no contexto infantil, são poucas as escolas e as famílias que oferecem uma capacitação adequada sobre educação financeira para crianças, muitos chegam até o final do ensino médio sem nem saber o que é isso.

Imagine só quantos de nós olhamos para trás e desejamos ter aprendido mais sobre dinheiro e sobre como administrar nossas economias? A vida seria muito mais fácil, não é mesmo? 

A importância da educação financeira infantil

Acreditamos que todo mundo já passou por alguma experiência ruim relacionada ao dinheiro algum dia, é claro que muitos tiveram que aprender na “raça”, mas, a última coisa que queremos é que nossos filhos cometam os mesmos erros que nós.

Pensando na importância dessa prática, separamos neste artigo algumas dicas para os pais ajudarem seus filhos a aprenderem sobre educação financeira.

Como podemos proporcionar uma boa educação financeira para crianças?

Você conversa com o seu filho sobre gasto e finanças? É importante que esse assunto seja abordado logo cedo para que eles já aprendam a lidar com essa ideia gradativamente.

Segundo especialistas, explicar de forma simples e demonstrativa como o dinheiro está inserido em nosso cotidiano logo no começo da educação é tão importante quanto ensinar português e matemática.

Confira abaixo algumas dicas sobre educação financeira para crianças e adolescentes:

Comece sendo um bom exemplo

As crianças estão sempre nos observando e moldando seus comportamentos através do que enxergam, então é hora de mostrar boas práticas relacionadas ao dinheiro.

Mostre que você economiza! Coloque dinheiro em um recipiente transparente e diga que é seu cofre de economia. Ressalte que é normal poupar para conseguir o que quer, explique que leva tempo e o quanto é difícil enchê-lo. Depois de algum tempo leve seu filho para comprar algo relevante, ele vai adorar e aprenderá a lição. Saiba como não deixar sua conta no vermelho.

Em casa, mostre o poder da economia

Um dos principais pilares de uma boa educação financeira é a economia. Apresente para seu filho hábitos sustentáveis dentro de casa, ensine-o a poupar água e energia. Você sabia que o uso consciente desses recursos pode gerar uma economia de até R$ 700 ao ano? É um valor considerável, mostre que ao ter hábitos conscientes ele poderá atingir outros objetivos.

Mesada é legal, mas cuidado!

Proporcionar um ganho semanal ou mensal é importante para que seu filho entenda que não se pode gastar tudo de uma vez, se não só terá dinheiro no próximo mês, e que se ele quiser comprar coisas mais caras ele terá que economizar.

Mas tente atrelar esse ganho através da recompensa, faça-o ajudar nas tarefas de casa, isso o ajudará a entender que o dinheiro é ganho e não apenas dado, mostrando o valor do trabalho.

Dê uma voltinha no supermercado

Pedir ajuda na elaboração da lista de compras de supermercado também é uma boa atividade.

Quando for ao supermercado, mostre a diferença de preços entre os produtos, a importância de pesquisar e a diferença entre essencial e supérfluo.

Incentive seu filho a fazer uma listinha de compras e aproveitar as promoções. Com certeza será uma grande aula de economia!

Presentei-os com educação financeira

Existem muitos jogos e livros interessantes sobre educação financeira para crianças e adolescentes hoje em dia, esses materiais abordam o tema com uma linguagem mais acessível e objetiva.

É importante que a própria criança tenha interesse pelo assunto e, quando ela pedir algo, já terá entendido a relevância do dinheiro. Nesse momento que indica quando a criança está pronta para receber as primeiras lições sobre o assunto, elas têm que tirar suas próprias conclusões e ter suas próprias dúvidas, e no final ela irá chamar para conversar sobre.

De forma geral, o objetivo da educação financeira para crianças, de acordo com especialistas, não é fazer com que as crianças aprendam a economizar para ter hábitos mais consumistas, e sim que saibam a importância dos recursos e tenham hábitos de fazer escolhas conscientes para suas vidas e assim ter um futuro mais sustentável e objetivo.

Gostou dessas dicas de finanças para crianças? Então mostre para seu filho que educação financeira não é nenhum bicho papão! Fique também por dentro das novidades do Consórcio Magalu baixando nosso aplicativo disponível no  Google Play e App Store.

Para reforçar que educação financeira também é coisa de criança, separamos para você um E-book que vai ajudar os sonhos de criança do seu filho se tornarem realidade! Clique no botão abaixo para se cadastrar e receber o E-book animado Dindin, o porquinho - Em busca do aviãozinho amarelo vol.1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Formas de pagamento

Baixe nosso app

Uma empresa do grupo
Luiza Administradora de Consórcios Ltda: - CNPJ: 60.250.776/0001-91
Feito com ♥ pela 8D PRO
Chat Chat